88% dos Médicos possuem um Smartphone

Entenda:

Entenda:
Postado em 18/03/2015
    Compartilhe:

Estudo revela que os médicos utilizam tecnologia mobile mais que a média.

Para os médicos, a tecnologia digital é um meio chave para pesquisar informação e partilhá-la com pacientes e colegas, e para isso utilizam principalmente seus smartphones 1. Um estudo realizado em 2014 pela Cello Health Insights revela que 88% dos médicos possuem um smartphone, um número significativo e bem superior à média da população geral, que apenas em 67% dos casos possui smartphone. O estudo entrevistou 468 médicos no Reino Unido e Estados Unidos para caraterizar a utilização de dispositivos digitais no setor de saúde.

A utilização do smarphone pelos médicos é elevada: 82% deles afirma utilizá-lo regularmente, para fins de trabalho, sendo que para 21%, o laptop no trabalho chega a ser tão lento que muitas vezes acabam utilizando o celular/tablet para procurar informação.

Motivados para participar em pesquisa mobile

O estudo possibilitou ainda um insight interessante sobre a posição dos médicos quanto a pesquisas de mercado por aplicativos mobile: 85% deles se mostram motivados para participarem em deste tipo. Eles também se mostraram abertos para aplicativos de compliance para os pacientes: dos médicos com idade superior a 55 anos, mais de metade recomendaria um aplicativo deste tipo aos seus pacientes.

Ao mesmo tempo, a utilização de mídias sociais para fins profissionais tem aumentado significativamente (LinkedIn, Twitter e Facebook): 60% do uso profissional do facebook se destina à partilha de informação com colegas. Além disso, mais de metade dos médicos acha que os laboratórios devem incluir mais as mídias sociais em seus programas de comunicação.

Os resultados coincidem com outros estudos, sendo que tudo indica que a importância do smartphone vai aumentar 2, 3. Surgem mesmo guidelines com boas práticas para comunicação online, especialmente com os pacientes, como publicados pela Canadian Medical Association 4, American College of Physicians e Federation of State Medical Boards 5.

Assim, é hoje crucial considerar os canais digitais como possibilitadores de conversa e mensagens de marca entre os profissionais de saúde. Está claro que a era do smartphone e do aplicativo chegou aos médicoso que abre um mundo de possibilidades muito grande para divulgação de informação e realização de pesquisas de mercado.

Comente com o facebook